Bloqueio Facetário - Saiba Mais sobre as Injeções nas Articulações Facetárias

Bloqueio Facetário – Saiba Mais sobre as Injeções nas Articulações Facetárias

Um bloqueio facetário, ou injeção na articulação facetária, é um procedimento minimamente invasivo em que um médico injeta uma pequena quantidade de anestésico local e / ou medicamento anti-inflamatório, com objetivo de proporcionar alívio da dor.

Neste artigo, saiba mais sobre a realização deste procedimento e seus resultados no alívio da dor.

Objetivos do Bloqueio Facetário

As articulações facetárias, que estão localizadas aos pares na lateral de cada vértebra no pescoço e nas costas, permitem o movimento e fornecem suporte e estabilidade na coluna. Lesões ou condições como artrite podem causar dor e inflamação nas articulações.

Um bloqueio da articulação facetária é normalmente realizado para:

Realização

Em um bloqueio da articulação facetária, o médico usa fluoroscopia para orientar a inserção da agulha através da pele na articulação facetária. Em seguida, medicamentos anestésicos e antiinflamatórios são injetados na articulação facetária.

O procedimento de injeção inclui as seguintes etapas:

  1. Normalmente, o procedimento é realizado sem qualquer sedação, no entanto, um acesso intravenoso pode ser iniciado se o medicamento de relaxamento for necessário.
  2. O paciente deita-se sobre uma mesa de procedimento e a pele sobre a área a ser injetada é limpa e esterilizada.
  3. O médico trata uma pequena área da pele com um medicamento anestésico, que pode arder por alguns segundos.
  4. O médico usa orientação de raios-X (fluoroscopia) para direcionar uma agulha muito pequena na articulação facetária.
  5. Uma pequena quantidade de corante de contraste é então injetada para confirmar que a agulha está na articulação e que o medicamento está contido dentro da articulação.
  6. Após essa confirmação, uma pequena mistura de anestésico (como lidocaína) e antiinflamatório (esteroide / cortisona) é injetada lentamente na articulação.

Todo o procedimento geralmente é concluído em 30 minutos.

O que Esperar Após o Procedimento

Os pacientes podem notar um ligeiro aumento da dor, com duração de alguns dias, conforme o efeito do medicamento anestésico passa e antes que a cortisona comece a fazer efeito.

Na semana seguinte à injeção, as recomendações comuns incluem:

  • Se a área estiver desconfortável, aplicar cuidadosamente gelo ou uma compressa fria na área do local da injeção.
  • Os pacientes podem continuar a tomar seus remédios regulares após o procedimento.
  • No dia seguinte ao procedimento, os pacientes podem retornar às suas atividades normais.
  • Os pacientes podem ser encaminhados para fisioterapia após a injeção.
  • Quando a dor melhorar, é aconselhável iniciar exercícios regulares e atividades com moderação. Mesmo que o alívio da dor seja significativo, ainda é importante aumentar as atividades gradualmente ao longo de uma a duas semanas para evitar a recorrência da dor.

Resultados

Nos casos em que as articulações que foram tratadas são a fonte da dor, o paciente terá um alívio imediato da dor com o anestésico local e poderá começar a notar um alívio mais duradouro com o esteroide a partir de dois a cinco dias após a injeção.

Se o paciente tiver alívio imediato com a medicação anestésica, mas não tiver nenhuma melhora duradoura com o esteroide, outros testes diagnósticos (injeção no nervo do ramo medial) ou tratamentos (neurotomia por radiofrequência) podem ser realizados.

Quando o paciente não sente nenhum alívio com a medicação anestésica, testes diagnósticos adicionais podem ser necessários para diagnosticar com precisão a dor do paciente.

O ideal é que os pacientes registrem os níveis de alívio da dor nas primeiras horas e nos dias seguintes em um diário da dor. Um diário da dor é útil para informar claramente o médico sobre os resultados da injeção e no planejamento de testes e / ou tratamentos futuros, conforme necessário.

Se o procedimento de bloqueio facetário for eficaz no alívio da dor nas costas do paciente, geralmente é considerado razoável que o procedimento seja feito até três vezes por ano. No entanto, se a primeira injeção na articulação facetária não aliviar a dor do paciente, a injeção não deve ser repetida.

Referência: Summit Orthopaedics

Compartilhar: