Sensação de Formigamento e Dormência nas Pernas - O que Pode Ser?

Sensação de Formigamento e Dormência nas Pernas – O que Pode Ser?

Formigamento e Dormência nas Pernas. Pode ser assustador perceber que suas pernas estão formigando e dormentes. Essa sensação é muitas vezes uma indicação de que você está sofrendo de uma das doenças da coluna, e geralmente são acompanhadas de dores nas costas de gravidade variável.

Continue a leitura deste artigo para conhecer as principais causas para a sensação de formigamento e dormência nas pernas.

Formigamento e Dormência nas Pernas

Ciática

O nervo ciático é o nervo mais longo do corpo. Começa na parte lombar da coluna e alcança as nádegas, descendo pela parte de trás da perna e pelo pé até o dedão.

Com o extenso alcance do nervo ciático, não é surpresa que a dor associada à lesão possa ser debilitante. Quando o nervo ciático é comprimido por uma hérnia de disco ou crescimento ósseo, você sentirá fortes dores geralmente acompanhadas de dormência intermitente. Este estado é chamado de radiculopatia ou ciática.

Hérnia de disco

Diga Adeus às suas Dores.
Reserve a sua Consulta com Ortopedista.

As vértebras da coluna estão constantemente em estado de flexão, por isso exigem amortecimento para absorver a força do peso do nosso corpo, permanecer alinhadas e saudáveis. Essa necessidade é atendida por discos pequenos, redondos e planos, que ajudam a absorver o choque entre cada vértebra.

Quando um disco é herniado, um fragmento de dentro do núcleo é empurrado para fora através do anel para o canal espinhal. As hérnias de disco geralmente são causadas devido à condição degenerativa do desgaste normal ou traumático do disco.

Quando presente na coluna lombar, uma hérnia de disco pode causar dor lombar com dormência ou formigamento em uma ou ambas as pernas.

Dependendo da localização do disco, a dor pode ser suficiente para impedi-lo de sair da cama por longos períodos. Ações tão simples como uma tosse ou espirro inesperados podem causar espasmos nas costas ou cãibras.

Nervo Comprimido

A ciática é definida como uma condição em si porque o nervo ciático é tão grande e afeta uma porção tão grande do corpo. No entanto, você também pode sofrer com a compressão de vários outros nervos, resultando em formigamento.

Os nervos espinhais precisam passar por áreas estreitas nas vértebras chamadas forames e podem ficar comprimidos nesse espaço apertado. O disco, ligamento ou estrutura óssea circundante pode exercer pressão que se traduz em dor.

Quando um nervo é comprimido, seu corpo inicia uma resposta inflamatória que você geralmente sente como um formigamento que vem e vai nos estágios iniciais, mas se torna mais persistente ao longo do tempo se não for tratada.

Estenose Espinhal e Foraminal

O termo “estenose” refere-se a um estreitamento em uma abertura que normalmente é maior. Os nervos saem da coluna vertebral através do neuroforame: duas colunas de espaço em cada lado das vértebras. Quando o neuroforame se estreita parcial ou completamente, os nervos não têm espaço suficiente para se acomodar confortavelmente. Eles podem ser comprimidos, levando à dor inflamatória.

A estenose espinhal causa dormência no meio das costas, formigamento nas pernas e nas costas. Também dá origem ao “pé caído”, um fenômeno no qual a dor e a fraqueza na perna fazem com que você arraste o pé enquanto caminha.

Doença Degenerativa do Disco

Esta condição é causada por danos a um ou mais de seus discos espinhais. É uma condição relacionada à idade que se instala à medida que os discos se desgastam e não podem desempenhar sua função de amortecimento da maneira que costumavam. Na maioria das vezes, a doença degenerativa do disco é resultado de anos de movimentos repetitivos. No entanto, pode ser desencadeada ou agravada por lesão traumática na coluna.

A degradação começa com as camadas externas do disco, chamadas de anel. Se essas camadas se romperem, o conteúdo interno do disco pode comprimir os nervos espinhais. O líquido das camadas internas também é irritante para as fibras nervosas e pode causar dor diretamente. A dor dessa condição é chamada de dor discogênica.

A doença degenerativa do disco na região lombar geralmente afeta as costas, nádegas e coxas, mas geralmente não progride além dos joelhos.

Existem muitos casos em que a degeneração dos discos é pequena o suficiente para não afetar a qualidade de vida do paciente. Em outros casos, pode levar a outras condições e dificultar o funcionamento básico.

Espondilolistese

As vértebras da sua coluna são conectadas por pequenas articulações conhecidas como “facetas”. Essas facetas mantêm sua coluna alinhada e são críticas em sua capacidade de se curvar, virar e torcer. Espondilolistese é o termo para quando as facetas enfraquecem ou fraturam, o que faz com que uma vértebra deslize para fora do lugar e rale contra o osso próximo a ela.

A espondilolistese é mais frequentemente vista em adultos mais velhos que realizaram trabalho altamente físico durante grande parte de suas vidas.

Opções de Tratamento

Dormência e formigamento são desagradáveis, não importa onde ocorram no corpo, e a única maneira de impedir que uma condição da coluna progrida é procurar tratamento adequado. Somente um médico pode diagnosticar sua condição e prescrever o tratamento adequado.

Se você tentar se tratar, pode acabar piorando as coisas. Por exemplo, você pode tentar um alongamento projetado para uma hérnia de disco torácica e acabar se machucando porque na verdade tem um nervo comprimido na lombar.

Quando a dormência e o formigamento nas costas ou extremidades duram mais do que alguns dias ou pioram drasticamente, é hora de entrar em contato com um médico cirurgião de coluna.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Acabe Com suas Dores nas Costas!
Agende uma Consulta agora com Cirurgião da Coluna.