Conheça a Cirurgia Endoscópica da Coluna Vertebral

Conheça a Cirurgia Endoscópica da Coluna Vertebral

A cirurgia endoscópica da coluna vertebral, também chamada de cirurgia minimamente invasiva para condições que afetam a coluna vertebral, é uma inovadora técnica cirúrgica da coluna vertebral.

Neste artigo, aprenda mais sobre a cirurgia endoscópica da coluna, suas indicações e procedimentos.

Em que Consiste a Cirurgia Endoscópica da Coluna

Esta abordagem cirúrgica requer apenas uma pequena incisão na região da coluna vertebral que estiver afetada, evitando que uma dissecção pronunciada da musculatura seja realizada. O cirurgião utiliza instrumentos cirúrgicos especializados, como o endoscópio, para visualizar as estruturas da coluna vertebral, identificar a região afetada e, posteriormente, realizar os procedimentos cirúrgicos necessários.

O endoscópio é uma câmera utilizada para transmitir imagens para um monitor (como numa laparoscopia). Através de uma incisão de menos de 1 centímetro, o endoscópio é introduzido através de um tubo, onde o cirurgião pode visualizar estruturas minúsculas usando a ampliação interna do endoscópio.

Ao final do procedimento, os instrumentos cirúrgicos são removidos e as pequenas incisões são fixadas com suturas.

Indicações e Contraindicações

A cirurgia endoscópica da coluna trata uma ampla variedade de condições dolorosas na coluna que podem ser de natureza degenerativa ou aguda. Essas condições podem ocorrer na coluna cervical, torácica ou lombar. As condições típicas que podem ser tratadas são:

A cirurgia endoscópica da coluna pode ser realizada para aliviar a pressão ou irritação das raízes nervosas afetadas ou interromper a sensação de dor dos nervos sensoriais dolorosos, através dos seguintes procedimentos:

  • Ressecção da hérnia;
  • Descompressão;
  • Fusão.

A seleção e o diagnóstico de pacientes são os primeiros e mais importantes passos para o sucesso. Também determinam se alguém é candidato à realização deste procedimento.

Existem certas condições que precisam ser tratadas com uma cirurgia maior, como o procedimento de fusão espinhal. Normalmente não é uma opção para lesões nas costas muito graves, como as devido a acidentes automobilísticos.

Benefícios

  • Há uma perda mínima de sangue, uma vez que apenas uma incisão de 1 centímetro é feita nos músculos;
  • Menor nível de dor durante e após o procedimento;
  • Tempo de recuperação mais rápido. O paciente é monitorado apenas por alguns dias (uma semana). Em seguida, pode ser liberado para retomar uma rotina normal se não houver nenhuma complicação.

Procedimentos

Os cirurgiões usam muitas técnicas diferentes para operar a coluna vertebral e ver a anatomia interna do paciente. Durante uma cirurgia endoscópica da coluna vertebral, a operação e a visualização são feitas através de uma pequena incisão na pele do paciente.

O endoscópio é um aparelho pequeno, portanto, pode se aproximar da área de interesse. É importante ressaltar que isso permite que os cirurgiões vejam a estrutura afetada, mesmo quando está obstruída pelos tecidos / estruturas circundantes. Ele também possui recursos de ampliação. Imagens de alta definição coletadas pela câmera podem ser carregadas (em tempo real) para um monitor localizado ao lado do cirurgião.

Porque Considerar esta Abordagem

Os nervos mais importantes operam a partir da coluna, tornando-a muito vulnerável a uma cirurgia nas costas. A cirurgia endoscópica da coluna vertebral visa eliminar lesões e traumas nestes tecidos. Isso também requer diagnóstico preciso, equipamento sofisticado e conhecimento cirúrgico de primeira linha.

Hoje, muitos tipos de cirurgia da coluna vertebral podem ser feitos usando procedimentos endoscópicos, com tempo de recuperação mais rápido.

É importante ter informações adequadas sobre qual a melhor abordagem a ser adotada para uma cirurgia na coluna. Ao pesar as opções cirúrgicas entre a cirurgia endoscópica da coluna vertebral e a cirurgia aberta, é aconselhável consultar o médico cirurgião de coluna para ajudar no processo de tomada de decisão.

Referência: Atlantic Spine Center

Compartilhar: