Lesões na Coluna por Acidentes de Trânsito

Lesões na Coluna por Acidentes de Trânsito

Lesões na Coluna por Acidentes de Trânsito. Embora as vítimas possam sofrer ferimentos em quase todas as partes do corpo durante um acidente de carro, os relacionados à coluna geralmente são os mais graves.

Com a leitura deste artigo, saiba mais sobre os tipos de lesões na coluna que podem ocorrer em acidentes de carro e aprenda como aumentar suas chances de obter uma recuperação completa.

Lesões na Coluna por Acidentes de Trânsito

Lesões pelo “Efeito Chicote”

De todas as lesões da coluna vertebral que podem ocorrer durante um acidente de carro, esta é a mais frequente. Também chamado de mecanismo de aceleração-desaceleração cervical, o efeito chicote acontece quando, devido ao impacto, o pescoço vai subitamente para frente ou para trás.

A maioria das pessoas considera isso uma lesão no pescoço, o que geralmente é verdade, mas também pode afetar a coluna vertebral.

Às vezes, as vítimas também sofrem vários ferimentos na coluna, o que pode agravar as complicações de seus ferimentos no pescoço.

Lesões no Disco Intervertebral

A coluna vertebral é composta por várias vértebras – invólucros ósseos que abrigam e protegem a coluna vertebral. Discos repletos de uma substância gelatinosa entre as vértebras evitam o atrito entre elas.

Infelizmente, um acidente de carro pode fazer com que estes discos se desloquem ou mesmo se rompam. Se isso acontecer, a vítima pode apresentar ruptura ou hérnia de disco. Os sintomas geralmente incluem dormência e dor irradiada por áreas específicas do corpo (geralmente os membros).

O cuidado conservador pode corrigir o problema (repouso e fisioterapia), mas a cirurgia pode ser necessária em casos mais graves.

Fraturas da Coluna Vertebral e Espondilolistese

Durante um acidente de carro, o corpo pode ser empurrado rapidamente em uma direção e depois em outra. Toda essa pressão pode causar uma fratura por compressão da coluna vertebral.

Nesta situação, a vítima pode sofrer uma fratura da coluna vertebral, espondilolistese (uma condição na qual uma vértebra é fraturada e, em seguida, desloca ou exerce pressão sobre a coluna vertebral) ou ambas.

Os sintomas podem variar de dor e dormência em certas áreas do corpo a problemas com o controle da bexiga. O tratamento pode incluir cirurgia, fisioterapia e muito repouso (e talvez até imobilização da coluna).

Lesões da Medula Espinhal

Lesões na medula espinhal tendem a ser as mais devastadoras de todas as lesões espinhais. Parte disso se deve ao fato de que, embora a própria coluna vertebral possa ser reparada, a ciência ainda não encontrou uma maneira de consertar o feixe de nervos que ela protege.

Nestes casos, as vítimas que sofrem uma lesão na medula espinhal tendem a precisar de muito apoio, tratamento e assistência.

Lesões nas Articulações Facetárias

As articulações permitem que o corpo se curve, gire e se mova. As articulações facetárias, que podem ser encontradas na coluna vertebral, agem como uma dobradiça entre cada vértebra. Infelizmente, essas articulações costumam ser feridas em acidentes de carro.

As vítimas podem necessitar de fisioterapia, injeções com fármacos anti-inflamatórios ou anestésicos e procedimentos de ablação.

Estenose Espinhal

A estenose espinhal não é realmente causada por um acidente de carro, mas um acidente pode fazer com que um caso assintomático de estenose espinhal se torne sintomático. Em outras palavras, o acidente pode causar dor, dormência e outras complicações de uma coluna já deteriorada.

Recuperação de Lesões na Coluna após um Acidente

Cada caso, acidente e lesão são únicos e o prognóstico dependerá, em última análise, de vários fatores, como idade, saúde e gravidade do acidente.

Por exemplo, o efeito chicote é uma condição da qual os pacientes se recuperam totalmente – torna-se então uma questão de quanto tempo leva para cicatrizar totalmente. Lesões mais extremas, como uma fratura vertebral, podem levar mais tempo para resolver ou podem envolver cirurgia para tratar os sintomas.

Independentemente da gravidade, lesões na coluna vertebral após um acidente nunca devem ser ignoradas. Os pacientes precisam ser proativos em sua abordagem de cuidados, para evitar mais lesões no futuro.

Referência: International Medical Society of Paraplegia

Compartilhar: