Quando Usar Compressa Quente ou Fria para Dor na Coluna?

Quando Usar Compressa Quente ou Fria para Dor na Coluna?

Compressa Quente ou Fria? A cura após uma lesão pode ser um processo longo e doloroso. E embora existam muitas práticas restauradoras que você pode fazer para acelerar o processo, incluindo fisioterapia, massagem e outras modalidades de cura natural, também há algo bastante simples que você pode fazer em casa para tratar sua dor. É a terapia de calor ou frio.

Veja neste artigo quais são as finalidades de se usar compressa quente ou fria para dor na coluna e o mecanismo de ação de cada uma delas.

Compressa Quente ou Fria para Dor na Coluna

As terapias de calor ou frio são consideradas as melhores maneiras de controlar a dor no conforto da sua casa. Além de evitar os efeitos colaterais dos analgésicos de venda livre, esse tipo de terapia pode ajudar o processo de cura a acontecer mais rápido, reduzindo a inflamação para novas lesões e melhorando a amplitude de movimento para lesões mais antigas.

Quando Usar

Usar calor ou frio para tratar a dor depende principalmente de uma coisa: quando ocorreu a lesão.

Se você está sentindo dor aguda ou tem uma nova lesão que está inchada ou inflamada, a terapia fria funcionará melhor para você. Se você estiver sentindo dor crônica ou se a lesão tiver mais de um dia, a terapia de calor funcionará melhor para você.

Claro, essas não são regras rígidas. Portanto, se você tentar qualquer um desses e for desagradável, mude para o oposto para tentar encontrar algum alívio.

Terapia com Frio Reduz a Inflamação

Usar gelo em um ferimento recente não é uma ideia nova. Na verdade, se você já caiu quando criança, um adulto provavelmente lhe deu uma bolsa de gelo. Isso reduz a inflamação, o inchaço, a dor e a vermelhidão associados à lesão.

Estas são reações naturais do seu corpo ao sentir dor; no entanto, em excesso, esses processos comprimem o tecido local e causam mais dor.

O uso da terapia fria não apenas reduz a dor ao anestesiar a lesão, mas também reduz a circulação sanguínea e reduz o acúmulo de líquido no local da lesão. Ao controlar o inchaço, você não só descobrirá que o ferimento está anestesiado, mas também pode ajudar a curar o ferimento um pouco mais rápido.

A terapia fria (também conhecida como crioterapia) pode ser usada para aliviar a dor de uma lesão ou para ajudar a acelerar a recuperação de um exercício rigoroso, como após uma longa corrida, natação, caminhada ou até mesmo esportes.

Terapia Quente Estimula o Fluxo Sanguíneo

Ao contrário da terapia pelo frio, a terapia do calor acelera o fluxo sanguíneo e pode ser uma sugestão gentil para o seu corpo começar o processo de cura. Você pode descobrir que a terapia de calor ajuda a aliviar os músculos doloridos e a relaxar os espasmos musculares, especialmente em lesões antigas.

O uso da terapia de calor reduz a dor não apenas relaxando os músculos, mas também aumentando o fluxo de ácido láctico. Esse fluido costuma ficar mais lento em áreas com fluxo sanguíneo diminuído, mas sua remoção é necessária para melhorar a amplitude de movimento e diminuir a dor.

Em conjunto com a hidratação, a terapia de calor pode ajudá-lo a curar a dor de uma lesão em curso ou a relaxar os músculos doloridos e a rigidez do corpo.

Se a lesão que está causando a dor for grave, converse com seu médico cirurgião de coluna para garantir que uma abordagem mais ativa para o controle da dor não seja necessária.

Referência: Harvard Health

Compartilhar: