Cinta de Apoio Lombar - Quando Ela é Indicada?

Cinta de Apoio Lombar – Quando Ela é Indicada?

Uma cinta de apoio lombar pode ser um elemento eficaz de um plano de tratamento abrangente para certas doenças da coluna vertebral e pode fornecer suporte para a coluna durante a cura após uma cirurgia nas costas.

Mais especificamente, coletes e cintas lombares comprimem o abdômen, o que aumenta a pressão intra-abdominal. Este ato permite que a pressão na coluna vertebral seja reduzida, proporcionando algum alívio.

Este artigo fornece informações sobre o uso de uma cinta de apoio lombar, quais são as situações em que ela está indicada e os cuidados que precisamos ter durante sua utilização.

Objetivos de Usar uma Cinta de Apoio Lombar

Uma cinta de apoio lombar pode ser prescrita pelo seu médico, para alcançar alguns destes objetivos:

  • Reduzir a tensão muscular e a dor lombar;
  • Melhorar a postura para redistribuir o peso na coluna;
  • Fornecer um ambiente de cura saudável para as estruturas da coluna vertebral;
  • Aumentar a função durante a atividade diária.

Indicações

Os objetivos acima são alcançados pelos mecanismos básicos da cinta dorsal durante o uso. Os mecanismos de alívio da dor variam um pouco pelo design da cinta, mas, em geral, uma cinta é capaz de:

  • Fornecer suporte adicional para a coluna. Uma cinta dorsal pode adicionar estabilidade quando a região lombar está instável devido a estruturas espinhais lesionadas ou enfraquecidas. Ao segurar o dorso em uma postura segura e de apoio, um suporte para as costas pode ajudar a fornecer um ambiente de cura saudável para a lesão atual e prevenir lesões adicionais.
  • Reduzir a pressão nas estruturas da coluna vertebral. Uma cinta dorsal pode ajudar a descarregar parte do peso normalmente colocado na parte inferior das costas, reduzindo a pressão nas articulações, discos e músculos da coluna. Ao reduzir a pressão espinhal, uma cinta dorsal pode diminuir a tensão muscular dolorosa, que é uma reação protetora comum após uma lesão.
  • Reduzir a amplitude de movimento durante a cura. Uma cinta para as costas é usada para prevenir ou restringir movimentos dolorosos, como torcer a coluna ou inclinar-se para a frente, para trás ou para o lado. Limitar os movimentos e posturas dolorosas também pode ajudar a melhorar a percepção do posicionamento do corpo (propriocepção), o que permite ao usuário ajustar conscientemente a postura para melhorar a saúde das costas.
  • Reduzir o micromovimento entre os segmentos vertebrais. Os suportes também limitam o excesso de micromovimentos em um segmento espinhal específico ou fratura vertebral. Limitando assim a dor causada pela tensão muscular e articulações irritadas ou raízes nervosas.

Alguns estudos demonstraram que a adição de uma cinta dorsal a um regime de tratamento melhora a mobilidade e os escores de dor melhor do que apenas fisioterapia e analgésicos.

Cuidados e Precauções

É importante reconhecer que uma cinta dorsal quase nunca é uma parte permanente de um plano de tratamento. Um colete lombar é geralmente prescrito para ser usado por um certo número de horas por dia. E o regime pode variar de alguns dias a várias semanas.

O período de tempo para uso é delineado e monitorado pelo médico. Isso é importante para limitar a dependência, prevenir a atrofia muscular e mitigar outros efeitos negativos do uso prolongado, garantindo a máxima eficácia.

Referência: University of Maryland Medical Center

Compartilhar: