Compreenda o Efeito do Sedentarismo Sobre a Coluna

Compreenda o Efeito do Sedentarismo Sobre a Coluna

Efeito do Sedentarismo Sobre a Coluna. Levar uma vida sedentária pode levar a uma série de problemas de saúde, incluindo obesidade, doenças cardíacas e, sim, dores nas costas. Se você está lutando contra dores nas costas e espasmos na região lombar, o primeiro passo é fazer algumas mudanças em seu estilo de vida.

Neste artigo, discutiremos os perigos de um estilo de vida sedentário para a coluna e como você pode começar a se movimentar mais para melhorar sua saúde.

Efeito do Sedentarismo Sobre a Coluna

Um estilo de vida sedentário pode levar ao colapso de muitas funções do corpo. É comumente dito sobre os músculos do corpo, “Use-o ou perca-o”. Há muitos impactos negativos de um estilo de vida inativo. Alguns dos quais são descritos abaixo:

  • No sistema musculoesquelético, se os músculos não forem usados ​​adequadamente por algum tempo, isso resultará em atrofia muscular e perda de massa muscular.
  • O sistema cardiovascular também é afetado pelo desuso. A captação de oxigênio é reduzida, a pressão arterial sistólica é aumentada e o volume plasmático geral é reduzido. Como os discos intervertebrais já têm menos suprimento de sangue, essas alterações cardiovasculares levam a um maior comprometimento do suprimento de sangue para os discos intervertebrais, ligamentos, tendões e músculos das costas. Isso resulta em espasmos musculares nas costas e dor crônica nas costas.
  • Um estilo de vida sedentário também resulta em alterações do sistema nervoso, problemas de memória, insônia, depressão e ansiedade. Esses efeitos também causam piora da dor nas costas. Por sua vez, a própria dor nas costas causa ansiedade, depressão e problemas de sono. Essas alterações mentais agravam a dor nas costas e, assim, inicia-se um ciclo vicioso.
  • Pessoas inativas são mais propensas a se tornarem obesas. Peso extra coloca pressão extra na coluna vertebral e nos músculos das costas. Os músculos das costas ficam assim tensos e o risco de dores nas costas aumenta.

Embora possa parecer contra-intuitivo, descansar demais a ponto de seu estilo de vida ser considerado sedentário, pode piorar a dor nas costas em pessoas que sofrem de problemas como espondilite anquilosante, hérnia de disco e estenose espinhal, entre muitos outros.

Acabe Com suas Dores nas Costas!
Agende uma Consulta agora com Cirurgião da Coluna.

Problemas adicionais que podem aparecer devido a um estilo de vida inativo incluem: dor lombar aguda ou mesmo dor lombar crônica, diabetes tipo 2, doenças cardíacas e outros problemas de saúde.

Como Evitar o Sedentarismo e Prevenir Dor nas Costas

Comportamentos sedentários têm um efeito importante na coluna vertebral. Você pode adotar as seguintes medidas para prevenir dores nas costas.

  • Evite atividades sedentárias, como ficar sentado por longos períodos de tempo ou não se exercitar, pois podem ser prejudiciais ao seu corpo.
  • Levante-se corretamente – Sempre considere técnicas de levantamento adequadas, porque mesmo se você estiver vivendo uma vida ativa, suas técnicas de levantamento de objetos não são adequadas, você corre o risco de desenvolver dores nas costas.
  • Seja consciente de sua postura – Se você é ativo e faz caminhada regularmente, mas sua postura não é boa, pode desenvolver dores nas costas. Não se incline para frente enquanto caminha e mantenha as costas retas.

Como Aumentar Seus Níveis de Atividade

Você pode considerar as seguintes dicas para aumentar seus níveis de atividade.

  • Use um dispositivo de fitness – Segundo estudos, é um dos melhores métodos para evitar um dia inativo. Quando você conta seus passos diários ou fica de olho no seu nível de atividade, isso o estimula ainda mais a ser ativo.
  • Limite o tempo de tela – Passar longos períodos de tempo em seu dispositivo eletrônico pode não apenas prejudicar sua postura, mas também tira o tempo que você poderia gastar sendo ativo.
  • Faça pausas adequadas para exercícios – Se você trabalha em um escritório e fica sentado em uma mesa por períodos prolongados, considere definir um alarme a cada hora e levantar para caminhar por cinco a dez minutos.
  • Pegue o caminho mais longo – Se você quiser se aproximar da mesa de um colega, não caminhe uma distância menor. Sempre considere fazer uma rota mais longa.
  • Considere exercícios sentados – Quando você está sofrendo de alguma doença ou tem uma agenda apertada, é difícil conseguir tempo para uma caminhada. Mas você pode dedicar alguns minutos várias vezes ao dia para praticar exercícios sentados.
Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Esta com Dores na Lombar?
Marque sua Consulta com o Ortopedista Hoje mesmo.