Nervo Comprimido na Doença Degenerativa do Disco - Conheça os Sintomas

Nervo Comprimido na Doença Degenerativa do Disco – Conheça os Sintomas

Doença degenerativa do disco – DDD – é uma condição espinhal em que o dano a um disco intervertebral causa dor, incluindo a dor de um nervo “beliscado” ou comprimido. A compressão do nervo pode causar dor que se espalha para uma extremidade.

A degeneração do disco pode começar já aos 20 anos, mas leva muito tempo para um disco degenerar sozinho, portanto, a menos que você tenha uma lesão ou algum outro fator no trabalho, pode levar décadas até que você sinta as consequências. Também é verdade que nem todo mundo com DDD acaba sentindo dor.

Como a DDD é uma das principais causas de nervos comprimidos, continue a leitura deste artigo para compreender quando procurar ajuda médica.

A Coluna Vertebral

Sua coluna vai da base do crânio até o cóccix. É forte o suficiente para que você possa ficar em pé, mas flexível o suficiente para dobrar, flexionar e torcer. A coluna vertebral de um adulto contém 24 ossos interligados chamados vértebras, separados por discos macios que suportam a carga do corpo e atuam como amortecedores quando você se move.

Acabe Com suas Dores nas Costas!
Agende uma Consulta agora com Cirurgião da Coluna.

A parte externa de cada disco, chamada anel, é firme e contém nervos; o material interno, chamado núcleo, é mais parecido com um gel. Se o anel se romper devido a uma lesão ou ao simples desgaste causado pela idade, o gel pode vazar, atingindo os nervos espinhais e causando muita dor.

As vértebras são unidas por pequenas saliências chamadas articulações facetárias e, juntas, formam a coluna vertebral, que circunda e protege o canal espinhal. A medula espinhal atravessa o canal, com nervos periféricos saindo da coluna em locais específicos e indo para regiões do corpo como braços e pernas. Se o material do disco pressionar uma raiz nervosa no canal, a dor pode irradiar para essas regiões, uma condição chamada radiculopatia.

A Doença Degenerativa do Disco

A DDD pode ocorrer em qualquer parte da coluna, mas é mais comum nas regiões cervical (pescoço) ou lombar (parte inferior das costas), pois são as partes que mais se movem.

Nem todas as pessoas com DDD sentem dor e, para aqueles que sentem dor, os níveis variam de uma pessoa para outra. Outros sintomas comuns incluem:

  • Dor que ocorre ao dobrar, torcer ou levantar algo pesado;
  • As costas “travam”, tornando-se inflexíveis;
  • Percepção de que a coluna não pode fornecer suporte para pescoço e cabeça;
  • Tensão muscular ou espasmos musculares;
  • Aumento da dor em certas posições, sentado ou em pé por longos períodos ou olhando para um dispositivo;
  • Dor reduzida ao mudar de posição com frequência ou alongar a coluna;
  • Diminuição da dor em determinadas posições, reclinado ou deitado com um travesseiro sob os joelhos;
  • Se um disco em degradação comprimiu um nervo espinhal, você sentirá a dor característica, quente, aguda e irradiada da radiculopatia, onde a dor percorre o caminho do nervo até os braços ou pernas. Um bom exemplo de radiculopatia lombar é a ciática. Aqui, o disco colide com a raiz do nervo ciático, que sai da coluna lombar nos níveis L4-L5 e L5-S1. A dor percorre as nádegas e desce pela parte externa da perna, às vezes até chegando ao pé. A dor pode ir e vir, dependendo da sua posição.

Tratamento

Se sua condição for leve, podemos recomendar descanso e atividades limitadas por um curto período de tempo, uso de relaxantes musculares, para ajudar com a dor, e fisioterapia, onde você aprenderá exercícios de alongamento e fortalecimento para aliviar a pressão do nervo.

O próximo nível de tratamento são as injeções terapêuticas:

  • Injeções epidurais de corticosteroides no espaço ao redor da medula espinhal (alivia a inflamação);
  • Bloqueios nervosos, injetando medicamentos analgésicos diretamente no nervo afetado;
  • Injeções de pontos-gatilho, injetando medicamentos analgésicos no músculo próximo.

Se nada disso funcionar, você precisará de cirurgia para tratar o nervo comprimido.

Se você sente dor irradiando das costas para uma extremidade, provavelmente está lidando com um nervo comprimido, e isso pode ser causado por doença degenerativa do disco. Para obter um diagnóstico adequado e um tratamento eficaz, converse com um médico cirurgião de coluna para identificar o tratamento mais adequado para seu caso.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Diga Adeus às suas Dores.
Reserve a sua Consulta com Ortopedista.