Hérnia de Disco e Envelhecimento - A Idade é um Fator de Risco?

Hérnia de Disco e Envelhecimento – A Idade é um Fator de Risco?

Hérnia de Disco e Envelhecimento. Dores parecem ser o parceiro inevitável do envelhecimento, mesmo quando o mundo médico garante que algumas delas são evitáveis. Nem sempre está claro por que algumas pessoas sofrem tanto de doenças como osteoartrite, enquanto outras parecem não experimentar estes sintomas.

Como a osteoartrite, as hérnias de disco geralmente são causadas pela deterioração relacionada à idade e pelo desgaste normal. Existe uma ligação entre a idade e o risco de sofrer uma hérnia de disco? Pode haver, dependendo de vários fatores. Continue a leitura deste artigo, para conhecê-las.

Hérnia de Disco e Envelhecimento

Problemas com os Discos Intervertebrais

Na linguagem cotidiana, você ouve o termo “disco escorregadio”, sugerindo que as almofadas de amortecimento entre as vértebras podem deslizar para fora da posição na coluna vertebral. Na realidade, isso não acontece.

Quando você tem um “disco escorregadio”, provavelmente tem um disco protuberante ou hérnia de disco. O disco em si ainda está onde deveria estar, mas há uma lesão forçando-o a sair de seus limites habituais.

Diferença entre Discos Abaulados e Hérnias

Esta com Dores na Lombar?
Marque sua Consulta com o Ortopedista Hoje mesmo.

Uma analogia comum compara discos vertebrais a rosquinhas de geleia – o “donut”. Eles são compostos de um tecido externo mais resistente envolvendo um tecido mais macio e fluido no meio, a “geleia”. Claro, esses tecidos são mais fortes do que sua analogia, mas a construção geral é semelhante.

Um disco protuberante ocorre quando as forças pressionam o disco para fora de sua forma natural, mas onde o tecido externo permanece intacto. A deformação do disco pode irritar ou pressionar os nervos, causando a dor e outras sensações que você sente com esse tipo de lesão nas costas.

Uma hérnia de disco pode causar os mesmos sintomas, pois também resulta em uma deformação do disco. A diferença aqui é que a casca externa do disco se rompe e o tecido interno mais macio escapa. Muitas vezes, é esse tecido interno que pressiona os nervos quando você tem dor nas costas relacionada a uma hérnia de disco.

Hérnia de Disco e Envelhecimento

A hérnia de disco geralmente resulta de anos de desgaste e uso indevido. Tal como acontece com outros tecidos do corpo, os discos secam e tornam-se mais quebradiços à medida que envelhecemos, tornando-os mais suscetíveis a danos, mesmo através de atividades que você realizou anteriormente.

As mudanças que ocorrem nos discos ao longo do tempo incluem:

  • Perda de distinção entre os tecidos externo e interno;
  • A camada externa começa a apresentar fissuras e rasgos, mesmo que ainda não causem problemas.

As características precisas do envelhecimento do disco variam muito entre as pessoas, portanto, não há um padrão previsível para a degeneração do disco. Certas condições ou comportamentos podem aumentar o risco de hérnia de disco, incluindo:

  • Trabalhos exigentes com dobras, levantamentos ou puxões repetitivos à coluna;
  • Carregar peso extra, principalmente na altura do abdômen;
  • Fumar, o que pode interferir no fornecimento de oxigênio aos discos;
  • História familiar de hérnia de disco.

Quando você sentir dor, dormência ou formigamento que associa a problemas nas costas, é importante agendar uma consulta com um médico cirurgião de coluna. Quanto mais cedo sua dor nas costas for diagnosticada e tratada, melhores serão suas chances de alívio eficaz dos sintomas.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Acabe Com suas Dores nas Costas!
Agende uma Consulta agora com Cirurgião da Coluna.