Dor nas Costas ao Dirigir - Quais São as Causas? Como Evitar?

Dor nas Costas ao Dirigir – Quais São as Causas? Como Evitar?

Sentar-se prolongadamente, vibrações de baixa frequência e posturas restritas podem causar dor nas costas ao dirigir. Se a dor nas costas durante a condução se tornar frequente, você deve procurar um cirurgião de coluna para verificar se há alguma causa para isto. No entanto, com algumas modificações em sua rotina, você poderá evitar que essas dores apareçam ou tornem-se frequentes.

Abaixo, você encontrará algumas dicas ergonômicas para reduzir ou eliminar a dor nas costas e dirigir com mais conforto. Mas primeiro, vamos examinar algumas das causas.

Causas para a Dor nas Costas ao Dirigir

Quando você está sentado em um veículo, e ele não está em movimento, provavelmente é o mesmo que sentar-se em uma cadeira almofadada. No entanto, quando o carro começa a se mover, tudo fica diferente. Seu corpo experimenta várias forças, incluindo vibrações por toda estrutura física.

Sua coluna lombar tem uma frequência ressonante natural de quatro a cinco Hz. A condução em veículo simulada em laboratório excitou essa frequência natural, levando a altas cargas na coluna lombar. Isso pode levar a um desconforto postural considerável, bem como a um risco aumentado de lesões e dores nas costas.

Ao dirigir, você também está usando ativamente os pés – o pé direito no pedal do acelerador e o pé esquerdo no freio ou na embreagem de um veículo com transmissão manual. Quando seus pés estão ativos, eles não podem ajudar a estabilizar e apoiar a parte inferior do corpo, como normalmente faria quando você os coloca no chão enquanto está sentado em uma cadeira. Esses fatores combinados, juntamente com o design do próprio assento do veículo, podem aumentar o risco de problemas nas costas.

Dicas para Prevenir Dor nas Costas ao Dirigir

Ajuste seu Assento e Encosto de Cabeça

Você deve sentar-se bem perto do volante, mas não tão perto que comprometa sua segurança. Se o volante estiver ao seu alcance, ajudará a reduzir o estresse no pescoço, lombar, pulsos e ombros.

Quando você estiver razoavelmente perto, não precisará se esforçar para alcançar os pedais. Verifique se os joelhos não estão mais altos que os quadris. Você também deve ajustar o ângulo do seu assento para que as costas fiquem em um ângulo de 100 a 110 graus.

O apoio de cabeça do seu veículo deve estar no meio da sua cabeça. Mantenha o pescoço e a nuca em uma posição neutra para garantir a postura e o posicionamento corretos. Seus ombros devem alinhar-se um pouco atrás dos quadris.

Crie Suporte Lombar

Certifique-se de centralizar as costas contra o assento para maximizar o apoio para as costas. Pode ser necessário adicionar um acessório de suporte lombar, pois muitos veículos não têm suporte adequado. Pode ajudar enrolar um moletom e colocá-lo atrás das costas para fornecer apoio nas costas para dirigir.

Se você dobrar levemente os joelhos acima dos quadris, poderá aliviar a pressão na parte inferior das costas e nos isquiotibiais. Seus quadris, costas e pescoço funcionam como rodas dentadas; portanto, girando uma parte, as outras partes também se moverão.

Mude o Punho ao Volante

Os pesquisadores têm procurado qual a melhor maneira de você se posicionar no volante para não sentir dores nas costas. Antes, os especialistas sugeriam que você mantivesse o volante na posição de “10 e 14 horas”. Atualmente, com a prevalência de airbags, estudos estão descobrindo que você deve colocar as mãos em “9 e 15 horas” para aumentar a segurança. Essa posição também permite que você descanse os cotovelos nos apoios de braço do veículo para ajudar a aliviar a dor, principalmente na parte superior das costas.

Use a Opção de Assento Aquecido se o seu Veículo a Possuir

O calor relaxa os músculos e as articulações, diminui a transmissão do sinal da dor para o cérebro e traz mais fluxo de sangue, oxigênio e nutrientes para a área, ajudando a aliviar a dor. Você também pode usar uma capa de assento aquecida no banco do motorista.

Faça uma Pausa

A coluna permite a sua mobilidade. Quando você se senta em uma posição no veículo, os músculos das costas ficam rígidos, causando espasmos musculares. Se puder, faça uma pausa, de preferência a cada 30 minutos. Pare com segurança e saia do veículo para se alongar e se movimentar, o que estimulará a circulação sanguínea na região lombar.

Tente se mover um pouco no lugar entre esses intervalos de direção. Mesmo mover e alongar por 10 segundos é melhor do que ficar parado. Pelo menos ajuste seu assento e a cada 20 minutos, mude de posição. Estique os músculos dos tendões e mantenha o sangue fluindo bombeando os tornozelos. Qualquer movimento que você possa fazer com segurança em seu veículo ajudará.

Mude a Maneira como Você Entra e Sai do Veículo

Sente-se e gire para dentro. Não torça as costas. Gire para fora do veículo. Use a moldura da porta, se necessário, para avançar. Você pode conectar dispositivos como uma alça à moldura da porta para obter suporte adicional.

Ajuste seus Espelhos

Ajuste seus espelhos corretamente, para que você não precise torcer ou se mover para vê-los. Em geral, você só precisa mover os olhos para ver pelos espelhos. Sempre ajuste os seus espelhos enquanto está sentado adequadamente.

Torne a Direção mais Suave

Para muitas pessoas, a pior parte de dirigir são os solavancos que podem atrapalhar a coluna. Aqui estão algumas opções, se este for o seu caso:

  • Dirija um carro de passeio em vez de uma caminhonete;
  • Sente-se em uma almofada de assento de carro ou travesseiro para o cóccix;
  • Substitua os pneus e amortecedores gastos e reduza ligeiramente a pressão dos pneus.

Quando Considerar o Tratamento com o Cirurgião de Coluna

Se você tem artrite que afeta sua direção, converse com seu médico sobre as opções de tratamento para aliviar a dor.

Ele pode orientar quanto a um tratamento conservador, como a fisioterapia, alongamento, exercício e fortalecimento. Quando você tem um bom tônus ​​muscular, suas costas podem fazer seu trabalho melhor.

Leia nosso artigo e saiba mais sobre Como Explicar a Dor nas Costas para o Médico.

Referência: SpineUniverse

Compartilhar: