Hérnia de Disco Cervical - Quando a Cirurgia é Indicada?

Hérnia de Disco Cervical – Quando a Cirurgia é Indicada?

A hérnia de disco cervical é uma causa comum de dor no pescoço e na parte superior do corpo. A dor pode atingir o pescoço, a região entre as omoplatas e pode irradiar para os braços, mãos e dedos. Sensações de dormência e formigamento são sintomas típicos, e alguns pacientes relatam espasmos musculares.

Continue a leitura e compreenda a hérnia de disco cervical, suas causas, sintomas e formas de tratamento.

A Hérnia de Disco Cervical

Sua coluna cervical é composta de 7 ossos, chamados de vértebras cervicais, empilhados uns sobre os outros formando a região do pescoço. Os discos cervicais são as almofadas que ficam entre as vértebras cervicais. Eles atuam como amortecedores para permitir que seu pescoço se mova livremente.

Os 4 estágios em que uma hérnia de disco cervical se desenvolve são:

  1. Degeneração do disco: Mudanças químicas associadas ao envelhecimento causam o enfraquecimento dos discos intervertebrais, mas sem hérnia. Isso faz parte do processo de envelhecimento e pode fazer com que o disco resseque, tornando-o menos capaz de absorver o choque de seus movimentos. Também pode ficar mais fino neste estágio.
  2. Prolapso: a forma ou posição do disco muda com um leve impacto no canal espinhal ou nos nervos espinhais. Este estágio também é chamado de disco protuberante.
  3. Extrusão: O núcleo pulposo em forma de gel (parte interna do disco intervertebral) rompe a parede semelhante a um pneu (anel fibroso), mas permanece dentro do disco.
  4. Sequestro do disco: o núcleo pulposo rompe o anel fibroso e pode mover-se para fora do disco interverterbral e para dentro do canal espinhal.

Fatores de Risco

Vários fatores aumentam o risco de hérnia de disco cervical:

  • As escolhas de estilo de vida, como tabagismo, falta de exercícios regulares e nutrição inadequada, contribuem substancialmente para a má saúde do disco.
  • Conforme o corpo envelhece, as mudanças bioquímicas naturais fazem com que os discos intervertebrais sequem gradualmente, afetando a resistência e a resiliência do disco.
  • A postura inadequada combinada com o uso habitual de mecânicas corporais incorretas pode causar estresse adicional na coluna cervical.
  • Combine esses fatores com os efeitos do desgaste diário, lesões, levantamento incorreto ou torção, e será fácil entender por que um disco pode herniar. Uma hérnia de disco pode se desenvolver repentina ou gradualmente ao longo de semanas ou meses.

Hérnia de Disco Cervical e Compressão Medular

A coluna cervical também forma um túnel protetor para a passagem da parte superior da medula espinhal. Esta parte da medula espinhal contém os nervos espinhais que fornecem sensação e movimento à parte superior do corpo.

Em alguns pacientes, uma hérnia de disco cervical pode causar compressão da medula espinhal onde o material do disco empurra a medula espinhal. Esta é uma condição muito mais séria e pode exigir um plano de tratamento mais agressivo.

Os sintomas de compressão da medula espinhal na região cervical incluem dificuldade com habilidades motoras finas nas mãos e braços e sensação de formigamento ou “choque” no tronco ou nos braços.

Diagnóstico

Curiosamente, nem toda hérnia de disco causa sintomas. Algumas pessoas descobrem que têm uma protuberância ou hérnia de disco após uma radiografia por um motivo não relacionado. Mas geralmente são os sintomas que levam o paciente a consultar o médico.

A realização de um diagnóstico preciso inclui a revisão do histórico médico do paciente, exame físico e neurológico e estudos de imagem (por exemplo, raio-x, tomografia computadorizada ou ressonância magnética).

Tratamento

Nem todos os pacientes requerem cirurgia no pescoço. Frequentemente, em 4 a 6 semanas, a maioria dos pacientes descobre que os tratamentos não cirúrgicos aliviam a dor e os sintomas. Seja otimista quanto ao seu plano de tratamento e lembre-se de que menos de 5% dos problemas nas costas requerem cirurgia.

Os medicamentos podem incluir um anti-inflamatório não esteroide para reduzir o inchaço, relaxante muscular para aliviar os espasmos e / ou um analgésico.

A fisioterapia pode incluir tratamento com frio e calor, massagem suave e alongamento.

A cirurgia da coluna cervical pode ser recomendada se a dor e os sintomas piorarem progressivamente, apesar das terapias não operatórias. Se a hérnia de disco está comprimindo a medula espinhal, a cirurgia pode ser necessária.

O objetivo da cirurgia da coluna vertebral é descomprimir os nervos que o disco herniado comprime. O procedimento mais comum é a discectomia – a remoção parcial ou total do disco danificado.

Frequentemente, o procedimento pode ser realizado de forma minimamente invasiva. Para alguns pacientes, a substituição do disco artificial cervical é uma opção cirúrgica.

Prevenção

O envelhecimento é inevitável, mas as mudanças no estilo de vida podem ajudar a prevenir doenças do disco cervical. Pratique uma boa postura e mecânica corporal, mantenha um peso corporal saudável, faça exercícios regularmente e não fume.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhar: