Artrite na Coluna Vertebral - Conheça os Tipos, Sintomas e Tratamento

Artrite na Coluna Vertebral – Conheça os Tipos, Sintomas e Tratamento

Artrite na Coluna Vertebral. Se os movimentos diários de torção, flexão ou curvatura se tornaram uma provação dolorosa, você pode ter desenvolvido um caso de artrite na coluna vertebral. Existem muitas variedades de artrite espinhal, e qualquer uma delas pode causar dor crônica, inflamação e rigidez.

Quanto mais claramente você entender como a artrite afeta a coluna, que tipo de artrite você tem e como as diferentes opções de tratamento podem controlar os sintomas, mais facilmente você poderá retomar o seu trabalho, hobbies e atividades domésticas. Descubra alguns pontos-chave a ter em mente, com a leitura deste artigo.

Tipos de Artrite na Coluna Vertebral

Artrite simplesmente se refere a dor e inflamação nas articulações, o que significa que o termo cobre uma gama extraordinariamente ampla de áreas.

O tipo mais comum de artrite espinhal, a osteoartrite, pode se desenvolver nas articulações que conectam e articulam suas vértebras, uma condição conhecida como síndrome das articulações facetárias.

Como em outras formas de osteoartrite, a síndrome da articulação facetária pode ocorrer naturalmente à medida que a cartilagem protetora dentro das articulações se desgasta.

Alterações em seus discos intervertebrais podem causar ou acelerar a síndrome da articulação facetária. Por exemplo, a perda de água relacionada à idade dentro dos discos pode permitir que eles se achatem em vez de manter um espaço constante entre as vértebras. Esta mudança coloca as articulações sob tensão não natural, causando irritação e deterioração.

Outros tipos de artrite também podem causar dor e rigidez na coluna. Na artrite reumatoide e psoriática, as reações autoimunes podem inflamar e danificar as articulações. Uma forma de artrite chamada espondilite anquilosante ataca as articulações da coluna vertebral inferior, às vezes causando a fusão dos ossos.

Sintomas

Os sintomas da artrite espinhal podem variar um pouco, dependendo do tipo de artrite que você tem. Como a osteoartrite espinhal envolve disfunção mecânica, ela geralmente produz dor sempre que você flexiona as articulações da faceta afetada, tornando-se menos perceptível quando você fica parado ou sentado.

A artrite espinhal reumatoide pode incomodá-lo de forma mais constante, causando dor, quer você flexione a coluna ou não. A espondilite anquilosante tende a doer mais após um longo período de inatividade, com a dor concentrada na região lombar e nos quadris.

Cuidado Conservador

Muitos casos de artrite espinhal respondem a abordagens de cuidados conservadores. Seu médico pode recomendar diferentes estratégias de tratamento, dependendo do tipo e da gravidade de sua artrite.

Medicamentos de venda livre podem reduzir a dor inflamatória e a rigidez associadas à artrite, mesmo que por apenas algumas horas de cada vez. Os exemplos populares incluem drogas inflamatórias não esteroides (AINEs), como ibuprofeno, aspirina e naproxeno. Pergunte ao seu médico sobre os riscos ou interações potenciais antes de tomar esses medicamentos.

As injeções oferecem o próximo nível de alívio farmacológico para a artrite articular. Seu médico pode injetar um esteroide chamado cortisona, junto com um anestésico local, em uma articulação facetária inflamada para reduzir a inflamação por longos períodos.

Os exercícios podem ajudá-lo a controlar a osteoartrite da coluna. Uma combinação de alongamentos e exercícios de fortalecimento pode melhorar seu grau de mobilidade espinhal sem dor, ao mesmo tempo em que dá maior suporte muscular à coluna. Exercícios e mudanças na dieta alimentar também podem ajudá-lo a perder peso e aliviar o estresse das articulações da coluna vertebral.

Cirurgia

Casos graves de artrite espinhal podem exigir intervenção cirúrgica. A fusão de duas ou mais vértebras às vezes pode aliviar o atrito osso com osso após o fracasso das técnicas conservadoras. Se o supercrescimento ósseo na coluna vertebral também comprimir seus nervos, uma laminectomia pode aliviar o impacto do nervo.

Se você tem um problema doloroso, como artrite espinhal, entre em contato com seu médico cirurgião de coluna, para conhecer a melhor abordagem terapêutica para seu caso.

Referência: Mayo Clinic

Compartilhar: