Como é Realizado o Diagnóstico da Dor nas Costas

Como é Realizado o Diagnóstico da Dor nas Costas

Diagnóstico da Dor nas Costas. Embora a dor nas costas seja extremamente comum, é igualmente difícil de diagnosticar, uma vez que não existe uma diretriz ou protocolo estabelecido para avaliar esse problema.

Neste artigo, conheça as dificuldades que enfrentamos no processo de diagnóstico da dor nas costas e como você pode ajudar na identificação das causas da sua dor.

Diagnóstico da Dor nas Costas

Diagnosticar a causa raiz da dor nas costas requer tempo, experiência do médico e colaboração entre diferentes profissionais, como médicos, fisioterapeutas e educadores físicos, para citar alguns.

Abaixo estão 4 razões importantes pelas quais o diagnóstico de um problema nas costas ser dificultado:

A Fonte Específica de Dor Pode Ser Difícil de Identificar

As possíveis causas subjacentes da dor nas costas são muitas:

  • Podem ocorrer problemas em estruturas anatômicas, como raízes nervosas espinhais, músculos da parte inferior das costas, ossos e articulações vertebrais, discos intervertebrais e / ou órgãos na cavidade abdominal.
    Em outros casos, seus nervos podem enviar sinais anormais de dor ao cérebro, resultando em dor neuropática nas costas.
  • A dor nas costas também pode ser influenciada por fatores psicossociais, como estresse, depressão e / ou ansiedade.
  • Identificar a causa exata de um problema nas costas pode ser difícil devido à presença de uma combinação de problemas. Por exemplo, um paciente pode ter uma hérnia de disco e estenose espinhal ao mesmo tempo, e a dor pode se originar de qualquer uma dessas condições. Mas as opções de tratamento variam para ambos e fornecer um tratamento impreciso não ajudará a eliminar a causa da dor.

Os Exames de Diagnóstico Têm Valor Limitado

Não existe um único teste de diagnóstico que possa fornecer um diagnóstico preciso da dor nas costas. Portanto, muitos testes de diagnóstico têm valor limitado e alguns, como injeções de bloqueio dos nervos para diagnóstico, também podem fornecer resultados falso-positivos ou falso-negativos.

Obviamente, isso não significa que seu médico não possa diagnosticar sua condição nas costas. Certas condições comuns, como uma hérnia de disco lombar que leva a sintomas de ciática, muitas vezes podem ser diagnosticadas de forma rápida e precisa por meio de uma variedade de testes clínicos, perguntas e exames de imagens.

Mas a inadequação de qualquer teste de diagnóstico único ajuda a explicar por que você pode receber diagnósticos diferentes de médicos diferentes.

A Dor é uma Experiência Subjetiva e Varia Amplamente

A dor é uma experiência pessoal de cada indivíduo. O que pode ser uma dor nas costas leve para uma pessoa pode ser severa e opressora para outra. Consequentemente, a mesma condição pode exigir tipos e níveis de tratamento completamente diferentes para pessoas diferentes.

Por exemplo, medicamentos de venda livre e / ou exercícios podem ser suficientes para tratar a dor de uma condição comum nas costas para a maioria das pessoas. Mas sua experiência subjetiva pode ditar que você precisa de um plano de tratamento mais robusto para lidar com sua dor intensa, como uma injeção epidural de esteroides.

Seu Estilo de Vida Pode Ser uma Causa Oculta

Frequentemente, você pode receber um diagnóstico preciso e um plano de tratamento, mas sua dor nas costas pode permanecer a mesma, recorrer ou piorar com o tempo.

Viver uma vida sedentária, fumar, ingestão excessiva de alimentos inflamatórios e / ou álcool e dormir o suficiente podem ser algumas causas ocultas. Fatores psicossociais, como estresse e ansiedade, também podem causar ou aumentar a dor nas costas existente.

Se você tem dor nas costas aguda ou crônica e não sabe a causa subjacente, informe-se sobre seus sintomas. Além disso, trabalhe em parceria com seu médico para formular um tratamento adequado.

Procure também:

  • Usar posturas ergonomicamente sustentadas para as costas;
  • Fazer uma dose diária de exercícios (mesmo que 10 minutos por dia);
  • Parar de fumar;
  • Fazer uma dieta nutritiva e equilibrada, para manter as costas saudáveis.

Referência: Mayo Clinic

Compartilhar: